Ir para o menu principal Ir para o conteudo principal

A Agrícola Alvorada é contra qualquer tipo de prática ilegal que contribua para o desmatamento na Amazônia e demais biomas brasileiros.

 

EMBARGOS DO IBAMA

ÁREAS DE COMUNIDADES TRADICIONAIS E UNIDADES DE CONSERVAÇÃO

A Agrícola Alvorada, não financia, compra ou comercializa produção agrícola produzidas em terras embargadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), autarquia federal responsável pela concessão de licenças ambientais, controle e fiscalização do uso dos recursos naturais (água, flora, fauna, solo etc.), e responsável pela execução da Política Nacional do Meio Ambiente (PNMA), e vinculada ao Ministério do Meio Ambiente (MMA), pela SEMA-MT por desmatamento ou restrições da atividade agrícola, áreas produtivas que incidam em Terras Indígenas e Unidades de Conservação de Proteção Integral.

 

COMBATE AO TRABALHO EM CONDIÇÕES ANÁLOGAS ÀS DE ESCRAVO E TRABALHO INFANTIL

A Agrícola Alvorada não negocia com quem esteja inscrito no Cadastro de Empregadores que tenham submetido trabalhadores a condições análogas à de escravo e incentivo ao Trabalho Infantil.

 

MORATÓRIA DA SOJA

A Moratória da Soja é um pacto comercial, realizado em julho de 2006, pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE) e Associação Brasileira dos Exportadores de Cereais (ANEC) com o governo e sociedade civil. Essa medida é um compromisso de não comercializar, nem financiar, soja produzida em áreas que foram desmatadas no Bioma após 22 de julho de 2008, data de referência do Código Florestal.