Ir para o menu principal Ir para o conteudo principal

Soja realiza lucros na Bolsa de Chicago nesta manhã de 3ª feira após consecutivas sessões de alta

Os futuros da soja operam do lado negativo da tabela na Bolsa de Chicago nesta manhã de terça-feira (16). Perto de 7h40 (horário de Brasília), as cotações perdiam entre 5,50 e 6 pontos, devolvendo as altas registradas na sessão anterior. Assim, o janeiro tinha US$ 12,52 e o maio - referência para a safra brasileira - valendo US$ 12,72 por bushel. 

O mercado realiza lucros depois de cinco sessões consecutivas de alta, acompanhando um dia mais morno também para os futuros do farelo de soja, que vem registrando um rally importante nas últimas sessões. Já entre as cotações do óleo de soja, os ganhos passavam de 1%, acompanhando as altas do petróleo. 

Segue no foco dos traders os fundamentos já conhecidos, a movimentação dos derivados e o mercado chinês e em como a demanda da nação asiática vai acontecer daqui em diante. 

"Os estoques de farelo e óleo na China estão baixos. A China está bem coberta em soja até o final de janeiro e razoavelmente bem coberta para fevereiro e março. Com a alta da soja na CBOT nas últimas duas semanas, clima benéfico na América doSul e posição dos crushers na China confortável para os próximos quatro emses, os prêmios da soja, provavelmente, irão pagar a conta, tanto no Brasil, como nos EUA. Se os futuros da soja permanecerem acima dos US$ 12,00 o bushel, prêmios negativos no Brasil para a safra passam a ser um cenário totalmente plausível", explicam os analistas de mercado da Agrinvest Commodities.

Por: Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja

Fonte: Notícias Agrícolas